Coleções

Panthera tigris altaica - tigre siberiano

Panthera tigris altaica - tigre siberiano


TIGRE SIBERIANO

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA

Reino

:

Animalia

Filo

:

Chordata

Subfilo

:

Vertebrata

Aula

:

Mamíferos

Pedido

:

Carnivora

Subordem

:

Feliformia

Família

:

Felidae

Subfamília

:

Pantherinae

Gentil

:

Panthera

Espécies

:

Panthera tigris

Subespécies

:

Panthera tigris altaica

Nome comum

: Tigre siberiano

DADOS GERAIS

  • Comprimento do corpo: de 2,20 m (incluindo 60 cm de cauda) a 3,75 m (incluindo 95 cm de cauda)
  • Altura na cernelha(1): 1,0 - 1,5 m
  • Peso: masculino: 180 - 300 kg; feminino: 100 - 165 kg
  • Vida útil: 15 anos na natureza; 26 anos em cativeiro
  • Maturidade sexual: feminino 3-4 anos; masculino 4-5 anos

HABITAT E DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA

Ao mesmo tempo, o tigre siberiano foi encontrado em todo o território da Sibéria, mesmo nas áreas mais inacessíveis. Hoje, no entanto, mudou-se mais para o sul, nas áreas do sudeste da Sibéria, no norte da Manchúria e na Coreia do Norte, vivendo nas vastas florestas caducifólias em áreas bastante restritas devido à exploração dos recursos naturais pelo homem.

CARÁTER, COMPORTAMENTO E VIDA SOCIAL

O tigre siberiano é geralmente um animal solitário e isso provavelmente se deve ao fato de que necessita de vastos territórios (entre 500 e 4000 km2) para caçar e os territórios de dois machos adultos nunca se sobrepõem. Somente com mulheres pode haver compartilhamento.

O tigre siberiano marca seu território com urina e fezes e arranhões em troncos de árvores para manter outros tigres longe.
Se um homem adulto entrar no território de outro homem adulto, certamente haverá uma luta, especialmente se houver uma mulher no cio ou se a comida for escassa.

A convivência mais longa é apenas a que ocorre entre a mãe e os filhos que vivem juntos até três anos, até que os pequenos sigam seu caminho.

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

O tigre siberiano é um animal poderoso e é o maior felino que existe. Ele tem um corpo e musculatura muito poderosos e, apesar de seu peso considerável, é extremamente ágil. Possui uma espessa camada de gordura subcutânea que lhe permite sobreviver ao frio da Sibéria.

Ele tem uma visão muito apurada (cerca de seis vezes a dos humanos) tanto de dia como de noite. O crânio é grande o suficiente para fornecer excelente ancoragem aos poderosos músculos da mandíbula. Possui caninos de até 13 cm de comprimento que são usados ​​para bloquear e matar a presa enquanto os pré-molares e molares são usados ​​para moer o alimento. Uma peculiaridade é a língua dotada de numerosos espinhos que são usados ​​pelo tigre siberiano para esfolar a presa e retirar a carne dos ossos, bem como para limpar e beber.

As pernas são equipadas com cinco longas garras curvas e retráteis também equipadas com almofadas macias que permitem que o tigre siberiano se aproxime silenciosamente de sua presa.

COMUNICAÇÃO

Existem várias maneiras pelas quais os tigres siberianos se comunicam entre si: cheiro, pistas visuais, sons.

Os sons podem ser diferentes: eles podem rugir, grunhir, assobiar, rosnar, gemer. Cada som tem seu próprio significado e reflete o que o tigre deseja fazer ou seu humor. O rugido é tipicamente uma mensagem de dominação, dizendo a outros animais o quão alto o indivíduo que ruge e sua posição social.

Para delimitar seu território, o tigre siberiano arranha cascas de árvores ou outras superfícies e, em seguida, borrifa urina misturada a um líquido perfumado que serve para indicar a outros tigres toda uma gama de informações como sexo, posição social, tamanho e também, na caso de uma fêmea, se estiver disponível para o acasalamento.

HÁBITOS ALIMENTARES

A dieta preferida são porcos, veados, ursos, pequenos pássaros e até peixes que o tigre siberiano caça dependendo principalmente da visão e da audição, pois o olfato não é particularmente desenvolvido. De facto, o tigre siberiano localiza a sua presa nas pegadas que segue como um verdadeiro cão de caça, aproximando-se o mais possível contra o vento para não deixar ouvir o seu cheiro e quando chega a cerca de 15 m salta sobre a vítima e mata.

Prefere caçar à noite, quando sua presa favorita (ungulados) está mais ativa.

Se a presa for pequena, ela é morta por uma mordida no pescoço, cortando assim a medula espinhal; se for uma presa grande, o tigre siberiano a agarra pelo pescoço e a sufoca ao apertar a traqueia.

Uma vez morto, é arrastado para um lado e depois comido. Se a presa for grande e não for comida de uma vez, o tigre a esconde com grama e terra, para evitar que outros animais a comam, para se alimentar dela mais tarde.

O tigre siberiano pode comer até 50 kg de carne em uma refeição.

REPRODUÇÃO E CRESCIMENTO DE CRIANÇAS

O acasalamento entre esses animais pode ocorrer em qualquer época do ano, mesmo que ocorra de preferência durante o período de inverno.

Uma vez que a fêmea, a fêmea do tigre siberiano, sinaliza para o macho com a urina e com os arranhões nos troncos das árvores sua vontade de acasalar, os dois vivem juntos por 2 a 3 dias antes do acasalamento e, uma vez que isso aconteça, o macho deixa a fêmea quem será o único a cuidar da prole.

A gestação dura cerca de 4 meses e 2 a 3 filhotes são entregues.

O desmame ocorre quando os filhotes atingem 6 meses de idade, mesmo que já com 2 a 3 meses de idade a mãe comece a trazer pequenas presas para os mais pequenos.

Os jovens, aos seis meses de idade, começam a seguir a mãe na caça para aprender e ficar com ela até a idade de dois a três anos.

PREDAÇÃO

O tigre siberiano não tem inimigos naturais, exceto o homem. Os machos pequenos podem ser mortos por machos adultos.

ESTADO DA POPULAÇÃO

O tigre siberiano está classificado na Lista Vermelha da IUNC como um animal de alto risco de extinção EM PERIGO (EN) com menos de 400 exemplos em todo o mundo.

A maior ameaça hoje para o tigre siberiano é o homem que destrói seu habitat natural, relegando-o a áreas cada vez mais marginais e pobres em alimentos.

IMPORTÂNCIA SOCIAL, ECONÔMICA E DO ECOSSISTEMA

O tigre siberiano é muito importante no ecossistema para controlar a população de grandes herbívoros.

É um animal que se constitui em grande recurso para zoológicos e áreas naturais controladas pelo homem, sendo um importante recurso econômico (ecoturismo).

Embora agora haja poucos espécimes, a caça furtiva ainda é comum, pois seu pelo é considerado muito valioso para a fabricação de tapetes.

CURIOSIDADE'

Se todos os filhotes morrerem cinco meses após o parto, a mãe pode dar à luz outra ninhada.

A medicina tradicional chinesa usou partes do tigre por muitos anos para preparar medicamentos, por exemplo, para se tornarem tão fortes e ferozes quanto este animal.

SONS EMITIDOS

Para ouvir os ruídos emitidos por este animal, consulte o artigo: Os sons feitos pelo tigre

Observação

(1) Cernelha: região do corpo dos quadrúpedes entre a borda superior do pescoço e as costas e acima dos ombros, na prática a região mais alta do corpo do animal.


Vídeo: Амурский тигр Fütterung des Sibirischen Tigers Panthera tigris altaica im Zoo Schönbrunn